Assessoria de Imprensa

Ângela Portela critica Temer por cortar recursos do orçamento voltados à pauta feminina

A senadora Ângela Portela (PDT-RR) criticou, nesta terça-feira (21), na tribuna do Senado, a política do governo Temer de contingenciar recursos, voltados à pauta das mulheres brasileiras, especialmente ao combate à violência doméstica e sexual, que afeta a população feminina.

_ Este governo tem se empenhado em sufocar as políticas relacionadas às pautas das mulheres, com violentos cortes orçamentários.

A parlamentar cobrou de Temer, a inauguração da Casa da Mulher Brasileira de Boa Vista, em Roraima, que, segundo afirmou, está atrasada, há mais de um ano, por estar a depender da liberação de recursos federais para a aquisição do mobiliário.

De acordo com a senadora, o Governo do Estado de Roraima fez a sua parte na construção e execução desse projeto.

— A governadora Sueli Campos, que é a única mulher que governa um estado da Federação, está extremamente empenhada na consolidação desse grande projeto de combate à violência contra a mulher.

Sub-representação

Ângela também teceu críticas ao governo de Temer, com relação à representação das mulheres no governo. Ela citou a mudança de status do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, para o de secretaria, vinculada ao Ministério da Justiça.