Sem categoria

Segundo Ângela Portela, teto dos gastos “já atinge milhões”

A senadora Ângela Portela (PDT/RR) fez crítica veemente à Emenda Constitucional 95, em vigor há mais de um ano, que instituiu o teto dos gastos, restringindo, por 20 anos, investimentos na educação, saúde, segurança e assistências social.  

_ “Essa emenda já está causando efeitos danosos na vida de milhões de pessoas que dependem da saúde pública no Brasil”.

Segundo a senadora, os efeitos da EC 95 já se refletem em Roraima, Estado muito carente de recursos federais, onde as consequências desastrosas da medida drástica do governo Temer, são potencializadas.

_ “Temer não se preocupou em atingir, direta e cruelmente, as pessoas que mais necessitam da presença do Estado nas suas vidas. Exemplo concreto dessa postura é a contração dos investimentos em saúde, o que se reflete duramente na vida da população usuária dos serviços do SUS em nosso Estado”.

Documento

Ela anunciou que vereadores de Boa Vista, representantes da sociedade civil organizada e dirigentes de entidades ligadas à saúde no Estado, decidiram elaborar um documento a ser enviado ao Congresso Nacional, Ministério da Saúde e Supremo Tribunal Federal (STF), externando posição contrária à medida de restrição aos investimentos em setores essenciais como a saúde.  

A decisão de elaboração do documento saiu de uma audiência pública, realizada pela Câmara Municipal da capital. Somando-se à crítica contra o teto dos gastos, Ângela Portela aplaudiu a iniciativa dos participantes da audiência.

_ “ Eu, que votei contra essa proposta de restrição nos investimentos em áreas tão relevantes, aplaudo os signatários do documento”, concluiu.